As chaves para investir em Bolsa para principiantes

A Bolsa de Valores de São Paulo (B3) é uma alternativa de investimento cada vez mais acessível a pessoas comuns. Antes de decidir sobre esta opção, esteja bem informado, estude o mercado e considere o risco que você assumirá e o prazo do seu investimento.

No ano passado, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) obteve um aumento de 15,03%, com um aumento de mais de 11.000 pontos. Isso levou os novos investidores de varejo a direcionar seus pontos de vista para o mercado acionário local como fonte de lucro. No entanto, antes de entrar no mercado de ações, uma pessoa sem experiência deve levar em conta alguns aspectos que determinam que sua decisão é a mais adequada.

É essencial que qualquer pessoa que entre no mercado saiba, em princípio, qual é o risco que deseja assumir, aconselham os especialistas em mercado financeiro. Uma vez que você saiba qual é o risco que deseja correr, é essencial começar identificando o produto que está mais próximo de você. Nesse caso, o mercado mais próximo será a B3 ou o dólar, esse tipo de coisa ajuda a entender no que o investidor inexperiente está se envolvendo.

Também recomenda-se que, se pensarmos em fazer um investimento, pelo menos faremos isso em 12 meses. Pode acontecer que um investimento dê resultados positivos antes, mas o prazo razoável é de um ano porque com essa medida fica mais fácil comparar com todos os investimentos de imóveis, mercado de ações, commodities.

Como indicado, investir no mercado de ações é para todos. No entanto, é importante lembrar que, de acordo com a idade do indivíduo, o risco assumido no mercado pode ser graduado. Uma pessoa que está antes dos 40 anos é jovem e tem uma alta porcentagem no mercado de ações e em dólares, enquanto a pessoa com mais de 50 anos e mais próxima da aposentadoria tem que ser menos arriscada.

Valores

Embora não existam valores mínimos, é comum começar com R$ 1.000 ou R$ 5.000 com uma corretora. À medida que a experiência cresce, o participante pode aumentar seu capital, pois haverá um número maior de empresas que estão no seu radar e podem fornecer melhores resultados.

É um bom momento para investir? É um excelente momento para investir no Brasil e nas estatais, e no geral a Bovespa passa por um bom momento, com altas consecutivas no início de 2019.

Quanto a investir na compra de dólares, acredita-se que para os países latinos a moeda americana é sempre recomendada. A longo prazo, o dólar sempre dá retornos maiores, dizem os especialistas. Recomenda-se aos investidores novatos que não se deixassem levar por pessoas ou empresas que inflacionassem o mercado, mas que procurem empresas sérias que os orientassem corretamente e que eles ganhassem de acordo com os resultados obtidos.